• Lincon Beraldo

WhatsApp é solução para vendas durante a pandemia


Foto: Lukas / Pexels


As medidas de restrição para contenção da pandemia COVID-19 impuseram desafios às vendas. Profissionais e empresas do varejo, que vendiam de forma offline nas lojas físicas, tiveram que inovar para não perder faturamento e buscar ferramentas de atendimento e vendas. Já no celular de milhões de brasileiros, o WhatsApp foi uma das soluções adotadas não só por pequenos empresários, mas também por grandes companhias. A ferramenta passou a ser utilizada para atendimento e vendas pela ViaVarejo, organização que controla Casas Bahia e Ponto Frio.


“Me Chama no Zap”: ViaVarejo impulsionou 20% das vendas usando o WhatsApp como ferramenta de vendas.


A campanha “Me Chama no Zap” foi a estratégia adotada pela ViaVarejo para impulsionar as vendas durante as restrições impostas pelas medidas de isolamento social. Com as lojas fechadas, a estratégia foi usar o WhatsApp como ferramenta de vendas. Inicialmente, 1 mil funcionários prestavam atendimento pelo aplicativo. Em abril de 2020, cerca de 7.500 colaboradores da ViaVarejo estavam utilizando o WhatsApp para impulsionar as vendas da companhia, segundo informações do site Canaltech.


O WhatsApp já é responsável por 20% das transações da ViaVarejo.


A estratégia também impactou o valor de mercado da companhia. Segundo o Canaltech, a ViaVarejo ganhou quase 10 pontos percentuais de mercado em abril de 2020.


Na ocasião, a ViaVarejo também foi responsável por 44,3% do setor nacional de telefonia celular. O WhatsApp foi a ferramenta que ajudou a companhia a intermediar quase metade das vendas de aparelhos celulares no Brasil. Os resultados foram informados pelo diretor-executivo da ViaVarejo, Roberto Fulcherberger, em uma live da XP investimentos e divulgados pelo Canaltech.


Whatsapp melhorou os resultados e vendas em cenário de crise.


Em abril do ano passado, a previsão era de diminuição nas vendas e no faturamento. A expectativa da ViaVarejo era uma queda de faturamento entre 20% e 30%, conforme apurado pelo Canaltech. Além das medidas de isolamento social, a crise financeira em decorrência da pandemia de COVID-19 impactaria os resultados da companhia.


Em um primeiro momento, o fechamento das lojas gerou queda de 70% no faturamento da ViaVarejo. Perda que foi parcialmente recuperada pela campanha “Me Chama no Zap” e a utilização do WhatsApp como ferramenta de vendas.


O WhatsApp teve papel fundamental no enfrentamento aos desafios impostos ao varejo pela pandemia da COVID-19.


O Whatsapp impulsiona vendas de grandes, médias e pequenas empresas. O caso da ViaVarejo é um modelo de sucesso que deve servir de inspiração e ser adequado às necessidades do seu negócio.


Nós podemos te ajudar! O nosso treinamento, “WhatsApp lucrativo”, é uma consultoria que vai fornecer todas as ferramentas para que a sua empresa tenha bons resultados de vendas.


Aumente o seu faturamento com o WhatsApp. Utilizado de maneira correta, a taxa de conversão no WhatsApp pode chegar a 15%.


Quer saber como usar o Whatsapp para alavancar suas vendas? Clique aqui e descubra como podemos auxiliar o seu negócio.


texto: Daniele Seridório



27 visualizações0 comentário