• Lincon Beraldo

Criminosos fingem iniciativa do SUS para aplicar golpe de clonagem de WhatsApp


Foto: Torsten Dettlaff / Pexels


Você já ouviu falar do golpe pelo whatsapp? O golpe de clonagem do WhatsApp é conhecido. Sem perceber, a vítima informa para os criminosos o código de recuperação e perde acesso à sua conta. Agora, criminosos estão se aproveitando de uma iniciativa do Ministério da Saúde para fazer novas vítimas.


Entenda o novo golpe de clonagem do WhatsApp


Para monitorar a situação da pandemia de COVID-19, o Ministério da Saúde está realizando uma pesquisa de prevenção e sintomas da doença. Atendentes do SUS entram em contato por telefone para coletar informações e prestar esclarecimentos sobre a COVID-19. As informações solicitadas tratam da região onde mora, regime de trabalho, rotina e possíveis sintomas ou contato com pessoas contaminadas. O Ministério da Saúde não solicita dados pessoais como número de documentos ou endereço.


De acordo com o site Canaltech, criminosos estão se aproveitando dessa iniciativa para aplicar o golpe de clonagem do WhatsApp. Após coletar informações referentes aos sintomas e rotina da vítima, os estelionatários solicitam o código de verificação para validação do atendimento, que dizem ter sido enviado por SMS.


O código, no caso, é o que dá acesso à conta do WhatsApp. Com o código os criminosos transferem a conta do WhatsApp da vítima para os seus celulares e têm acesso aos grupos e mensagens recebidas.

Por isso, se receber uma ligação ou mensagem, suspeite de qualquer solicitação de código de validação ou de dados pessoais. Fique atento!


Como funciona o golpe de clonagem do WhatsApp


O golpe de clonagem do WhatsApp utiliza o mecanismo de transferência de conta entre aparelhos celulares.


Quem já trocou de celular provavelmente já realizou o procedimento. Depois de baixar o aplicativo do WhatsApp e informar o seu número de telefone, você recebe um código de confirmação SMS que valida o acesso à conta.


Então, tendo o seu número de telefone, os criminosos só precisam do código de validação que você recebe por SMS para aplicar o golpe.


Enquanto falam com você pelo telefone ou por mensagem, eles estão roubando o acesso à sua conta do WhatsApp.


O cuidado deve ser redobrado para quem utiliza o WhatsApp para vendas e negócios


O golpe de clonagem do WhatsApp pode não trazer prejuízos financeiros diretos para quem perde a conta, mas, no caso de empresas que usam o WhatsApp como ferramenta de vendas, os danos para reputação são certos.


Por isso, se você utiliza o WhatsApp como estratégia de negócios, redobre os cuidados e a atenção. Algumas dicas para não cair no golpe de clonagem do WhatsApp:


- Ative a confirmação em duas etapas


A confirmação em duas etapas é uma segurança adicional para o seu WhatsApp. Qualquer tentativa de ativar a conta em outro aparelho solicita, além do código enviado por SMS, o PIN de 6 dígitos da confirmação em duas etapas.


Para ativar a confirmação em duas etapas, abra o aplicativo, clique em configurações, conta, confirmação em duas etapas e cadastre um PIN de 6 dígitos.


- Não informe códigos antes de ler a mensagem recebida


O SMS enviado diz claramente que o código irá transferir a sua conta de WhatsApp para outro aparelho. Leia toda a mensagem antes de prosseguir.


A conta já está protegida? Agora só falta saber como usar o WhatsApp para alavancar suas vendas! Clique aqui e descubra como podemos auxiliar seu negócio.


Texto: Daniele Seridório


11 visualizações0 comentário